Photo by Elijah O'Donnell

O Instagram foi além do que qualquer um poderia imaginar. Já não é apenas sobre mostrar fotos para os nossos amigos; tornou-se uma representação de cada um de nós e do nosso ofício. Se és fotógrafo, estudioso, cineasta, guru do fitness, mulher seminua em biquíni ou qualquer outra possibilidade aparentemente infinita, o Instagram é o lugar para, de maneira rápida e eficiente, deixar o mundo saber do que és capaz. Assim, para aproveitar ao máximo o aplicativo, vamos ver algumas práticas recomendadas para criar um feed do Instagram exclusivo, que chama atenção e, por fim, memorável.

Photo by Le Buzz

Vibe ou estética – seja o que for, fica com ela.

As opiniões variam em quão rigoroso deve ser quando se trata de um “estilo”, mas uma coisa que é unânime entre os especialistas é que deve haver consistência no que publicas: suas mensagem precisam ser claras. Se és um artista ou tens uma marca, então a especificidade é algo que terás que respeitar. Podes criar uma “estética” com fotos saturadas, preto e branco ou talvez estejas usando o mesmo filtro para todas as tuas imagens. Seja o que for, têm de ser o teu estilo e o mais coerente possível.

Photo by ian dooley

A “grade” é o teu showroom

Quando alguém vê o teu perfil e começa a percorrer as tuas imagens, essa é a Grade; é a aparência geral do teu perfil. Onde a consistência no tema pode ser pensada como uma maneira de manter teus seguidores, a grade é onde vais atrair novos seguidores. A ordem na qual publicas as fotos também pode ser um fator importante. Por exemplo, se és um fotógrafo de paisagens, muitas fotos da mesma montanha em uma fila não vai animar ninguém. É sobre consistência, não monotonia.

Photo by Georgia de Lotz

Se planeares, estarás mais perto da perfeição.

Hoje em dia, é importante reservar algumas horas por semana para programar o conteúdo à publicar. Pensar em como vai ser a minha grade, tema, conteúdo, o quando publicar e com que frequência. Há até mesmo alguns Instagrammers que levam em conta a hora do dia em que estão a publicar para atingir as horas de pico, Estes dados analíticos só são fiáveis após várias publicações, uma por dia durante 2 semanas, no mínimo!

Photo by rawpixel

Ter coragem!

Seja qual for o teu “mood” ou com que frequência publicas, a consistência é essencial. Podes ter tirado a melhor foto de todos os tempos e estás prestes a ganhar o prémio de melhor fotógrafo… Mas se não se encaixa, desculpa, mas terás de pensar muito bem se expões o teu ego ou o teu profissionalismo.

Photo by Gian Cescon

Ser social no social

O teu “público” não vai aparecer de repente, tens que trabalhar para isso. Seguir contas, comentar as fotos, estás numa rede social, então age como tal. E sim, todos nós já passamos por experiências com essas contas aleatórias que te vão seguir e curtir algumas das tuas fotos apenas para tu veres o perfil delas, assim se joga no Insta! Como um grande filósofo grego disse uma vez: Se tens um alimento matador e ninguém o vê, ele realmente existe?

Photo by Jakob Owens

A estrada é longa e traiçoeira

O “Instagramming” tornou-se um conjunto de habilidades e a elaboração desse feed Instagram matador não vai acontecer da noite para o dia. E mesmo que isso aconteça, em alguns meses, vais provavelmente olhar para trás e pensar: “Uau, eu não fazia ideia que o meu esforço seria compensado desta forma!”. Resumindo, ser paciente, dedicar tempo, estudar instagrammers de sucesso, obter feedback e repita. Sim, eu percebo que isso soa para muitos como um exagero, mas se é um desses, talvez a plataforma não seja para ti. De qualquer maneira, mantém a cabeça erguida, O trabalho duro compensa.

Photo by Georgia de Lotz

Deixa-nos a tua opinião sobre o sucesso do teu insta!

1 Comentário